>

VIAGEM

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Numa manhã-noite,

Bêbado de idéias,

Parei de me sentir.


Não, eu não vi.

Foi crescendo, crescendo,

Mas eu juro que não vi.


Foi assim:

De repente eu não

Estava mais comigo.


Quem era aquela gente?

O quê eu fazia ali?

Quem era eu?


Não: o quê era eu?

Um sopro, uma cadência,

Um estado de consciência?


Um desejo, uma sede, um tormento.

Uma boca sem sons?

A eternidade toda num momento,

Cores de tantos tons?


Um não ser quase bobo

Um ser que não morre.

Cordeiro em pele de lobo,

Eu estava de porre.

Voltar