>

VERSO

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Neste bem arquitetado universo,

Nada se perde, nada se cria.

O gosto pode ser diverso,

Sem ser anomalia.


A natureza, sábia,

Oferece sempre opção.

Mera questão de lábia,

A diferença entre o sim e o não.


Todo orifício é vão,

Para ser preenchido.

Fora de questão

Ser, ou não, proibido.

O prazer está na mente,

A carne é só ferramenta.

Em sendo docemente,

Tudo se aguenta.


Não há desvio de finalidade,

Quando há amor e desejo.

Em não havendo maldade,

Aproveite, sem pejo.


Cumpre ressaltar, no entanto,

Que há de ser feminino.

Nesse mister não há santo,

Desde que não seja de menino.

Voltar