>

SONHAR

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

É verdade que os sonhos

Podem virar pesadelos.

Mas só aos bisonhos

Ocorre desistir de tê-los.


O sonho, seja ele qual for,

Uma geladeira, uma viagem, um amor

Enche-nos da vontade de viver,

De lutar, de transcender.


O sonho é a chave da liberdade,

É o quê nos tira da gaiola.

Tempero bom da realidade,

Um afago, uma grande esmola.

É o mais sublime presente de Deus.

Não ocupa espaço, não custa nada,

Vale para crentes e ateus

E é tão pessoal que cada um é cada.


Os sonhos nascem com a vida,

Mas não morrem com ela.

Deles não há despedida,

Nunca se transformam em cela.


Os sonhos são gritos de liberdade,

Voos no universo interior.

Mistura de mentira e verdade,

São uma bela forma de amor.

Voltar