>

SOMBRA

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Como rabisco no chão,

Ela sempre me define.

Ás vezes pequeno, outras não,

Por mais que me amofine.


Não me acompanha na escuridão,

Oculta-se em lugar nenhum.

Por mais que a procure, em vão,

Mostra-me o quanto sou comum.


Imita-me sem pudor,

Como se espelho fosse.

Desdenha da minha dor,

De jeito tão doce.


Vai aonde vou.

Fita-me quando paro.

Está onde estou,

Sem qualquer preparo.


Minha sombra, é claro.

Não, não: é escuro,

Pois quando a encaro

Vejo minha consciência, juro.

Dê o play para ouvir o áudio

Voltar