>

SILÊNCIO 1

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Som quieto e triste,

Flutuando no espaço morto.

O teu dedo, em riste,

E eu tão absorto.


O esboço de uma figura,

Nas cores evanescentes.

A espera, quase tortura,

Pelas vozes ausentes.


Fio tênue de vida,

Esvaindo-se em amarelo ouro

Atrás de esperança perdida,

Certeza de mau agouro.

Fingindo que existo,

Torno meus olhos surdos.

Lembro de Cristo

E outros absurdos.


Palavras-ariete,

Pondo fogo no ar.

Onde está o tapete,

Meu direito de voar?


Estranho sentimento,

Peculiar forma de sorte.

Ficar atento,

Permanecer forte.

Teu cheiro cor de mel,

Tua boca vermelha.

O tempo cor de pastel,

Quase o fim da centelha.


O fim do meio se aproxima

Cavalgando em nuvens soltas.

Não quero ficar por cima,

Nessas águas revoltas.


Valsa do adeus,

Samba do começo.

Qual de meus eus

Vai te perder o apreço?

Voltar