>

LAR

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Uma casa, um recanto,

Um lugar.

Uma caverna, um canto,

Um lar.


Onde se chegue,

Noite ou dia,

E nos aconchegue.

Uma sacristia.


Sem dores, sem temores.

Um encontro com a paz.

De todos os valores,

É dos que valem mais.


Ainda que muito pequeno,

Tem a dimensão de um reino.

Porque nosso, porque pleno,

Porque prescinde de treino.


Infeliz quem não o tem.

Daquele que não o vive.

Torna-se quase ninguém,

Não existe, só sobrevive.


Uma casa, um recanto,

Um lugar.

Uma caverna, um canto,

Um lar.

Voltar