>

DIDI

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Um ser humano, um médico.

No fundo apenas um italiano.

Crente na ciência e védico,

Muitas vezes um pouco insano.


Faz clínica geral,

Faz nefro e adjacências.

A ninguém fez mal,

Apesar das preferências.


Gabriel, André e Sonia.

Mafê e a doce Stella.

Pouco dado à amônia,

Nem a acender vela.


Sofre com os pacientes,

Empresta-lhes, de novo, a vida,

Espalhando boas sementes

No solo da esperança perdida.


Paixões poucas e boas,

Pouco dado a bravatas.

Bom tecedor de loas,

Adversário das gravatas.


Refúgio em Ilhabela,

Mas fiel ao tele Didi.

Preso, sem escapadela,

Ao agora e ao aqui.


Um sujeito legal,

Nem devasso, nem puritano.

Amigo sempre leal,

Um médico, um ser humano.

Voltar