>

DESCAMINHO

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Teu ser pastel

Me abraça.

Meu céu, meu fel.


Não sei a cor do que sinto,

De você tão faminto.


Você e eu,

Sonho só meu.

Fada de um milagre

Hóstia que se consagre.


Amor morno,

Quase frio,

Sem retorno,

Acabado desvairio.


Tua cama, fria,

Nunca falou a verdade.

Me enganou, me mentia

Por pura maldade.


Suspiros vãos, inconsequentes.

Frases soltas, evanescentes,

Num universo de anil,

Sempre teu, sempre hostil.

Meu amor vermelho,

Você duvidando,

Como a imagem no espelho.


Caminhando devagar,

Caminho sem chegar,

Teu olhar, tuas mãos

No mesmo lugar.


Eu, refem conquistado.

Tua beleza disforme,

Amor ao quadrado,

Mais que grande, enorme.


A teus pés

Me renuncio.

O que sou, o que és,

Triste desafio.


Te amo, com minhas mãos,

Com meus és, com meu ser.

Da vida, pelos desvãos,

Vou viajar, vou padecer,

Vou morrer.

Voltar