>

CABELOS

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Dizem que as loiras são burras

E as morenas quentes.

Não são poucas as surras

Que tomaram tais crentes.


Loiras as há

Falsas e legítimas.

Porem todas, já,

Fizeram muitas vítimas.


Morenas são destemidas,

Pau pra toda obra.

Bálsamo às feridas,

Não temem nem cobra.


Para não falar das mulatas,

De tanta tradição.

Para alguns, nata das natas

Sem a menor hesitação.


E as ruivas passionais,

Com cabelos cor de fogo?

São só para profissionais,

Jogam bem demais o jogo.


A minha conheci numa biblioteca.

De tanto ler, coitadinha,

Ficou careca.

Voltar