>

C...

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Sabe, quando alguma coisa

Não te deixa dormir em paz?

Sabe, quando você sabe,

Mas ninguém mais sabe,

E isto não faz diferença?


Sabe aquele aperto na garganta,

Aquela boca seca?

Aquela sensação difusa,

Que te faz mal à beça?


Sabe quando o quê você gosta

Não te dá mais prazer?


Sabe quando você tenta,

E não consegue aprisionar

Aquela sensação ruim

Numa caixa, lá no fundo de você?


Sabe, quando nem com parafusos de raiva,

Você consegue fechar esta maldita caixa?


Sabe, quando nada mais parece dar certo,

E você acha isso certo?

Sabe, quando você começa

A não gostar mais de você?


Pois é,

Isso se chama culpa,

A pena capital da alma.


É sempre mais fácil perdoar

Ao outro do que a você.

Sabe por quê?

Porque o perdão redime o culpado,


Mas é ferramenta de uso exclusivo da vítima.

A ninguém é dado perdoar-se.

Mas, o Criador, em sua infinita sabedoria,

Proveu-nos o bálsamo, o remédio.


Remédio amargo e doce

E, ainda que assim não fosse,

Verdadeiro renascimento,

Tem por nome: arrependimento.

Voltar