>

AMORES

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

O amor tem gênero,

Masculino, feminino?

Já que vênero

E destituído de tino?


O amor tem hora,

Matutino, vespertino?

E o sofrer, a demora

Determina-lhe o destino?


O amor tem tamanho,

Grande ou pequenino?

É perda, ou ganho,

À feição de cassino?


O amor é mais intenso

Quando ultramarino,

Porque tem no lenço

Seu melhor inquilino?


Não, o amor não tem sexo,

Tamanho, distância ou hora.

Não tem nem nexo,

Já que, simplesmente, aflora.

Voltar