>

ADEUS

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Ôi, você está bem?

Eu só vim dizer adeus.

Não quis ficar refém,

Nem agir como semideus.


Não sei o que aconteceu,

Só sei que o amor foi minguando,

Tanto o meu quanto o teu,

E não sei como isso começou, nem quando.


Tenho boas lembranças.

Mas a mulher que eu amei

Perdeu-se nas brumas de minha memória,

Como um solitário troféu inalcançado.


Não foi culpa sua, tenho certeza.

E nem minha, tampouco.

Foi da vida, das coisas, da má-sorte.

Quem sabe, um pouco de nós dois.


É tão triste te pensar

E não sentir aquele frio na barriga.

Um desconforto, uma perda, um pesar

Que dá saudade até de briga.


Que pena saber que o amor pode acabar.

E quando termina, leva um pedaço de nós.

Mas acaba o amor, não o amar,

Ainda que no fim, fiquemos sós.

Voltar