>

ABERTURAS

Autor:

Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

De que valem tuas pernas abertas,

Se teu coração está fechado?

De que me vale fazer as coisas certas,

Sabendo que não sou amado?


Teu olhar tão distante,

Tua pele tão morena.

A vida, num instante,

Fica tão pequena.


Meu desejo incontido,

Tuas mãos quase frias.

Teu corpo despido,

Minhas muitas agonias.


Um suspiro final,

Tão tênue e fugaz.

Meu Deus, afinal,

Como você é capaz?!


De que adiantam tuas pernas abertas,

Se teu coração está fechado?


Dê o play para ouvir o áudio

Voltar