VÊNUS

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Donni

Numa noite calma, namorando estrelas,

Senti, forte, a existência da alma.

Olhando, quase cansado de vê-las,

Percebi que para cada um há uma.


Era uma noite de outono,

Era uma noite de março.

Fugia-me por demais o sono

E o céu era como o mar, um mar só.


As estrelas pareciam pó de talco

E eu ali, procurando Deus.

Repleto de perguntas, tal como,

Antes de mim, muitos dos meus.


Tantas perguntas a me entreter

E, sem razão que me proteja,

Descobri, tarde, que entre ter

E ser, não duvide, seja.

Voltar