VELA

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Que pena que você não está aqui,

Seu copo vazio do daiquiri,

Que não resistí e bebi.


O guardanapo dobrado,

A poltrona tão só.

Eu tão calado,

Abraçado a meu paletó.


O menu sobre a mesa,

A vela, acesa,

E eu, ali, sem defesa.


A música no fundo

Me levando em seus braços.

Eu mole, vagabundo,

Me desfazendo em pedaços.


Teu cheiro de jasmim,

Surgindo do nada, assim,

Como pó de pirlimpimpim.


Tua voz tão suave

Não me sai da cabeça.

Embarco nessa nave

E deixo que aconteça.


Não me importa onde você esteja,

Não me importa quem você beija,

Para mim, será sempre a minha igreja.

Voltar