ÚLTIMA

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Mesmo sem te conhecer,

Eu sempre te amei.

Ainda que sem saber

Tudo que hoje sei.


Vivi de amores provisórios.

Foram passando, passando.

Eram só transitórios,

Sempre de vez em quando.


Foram tantas mulheres,

Que já lhes perdi a conta.

De tão variados caracteres,

No fundo, uma afronta.


O tempo não passa mais,

O relógio da vida parou.

A beleza de teus ais,

Só percebe quem amou.


Se existe cara metade,

Encontrei minha inteira.

E estou falando a verdade,

Última e primeira,

Para sempre última e primeira.

Voltar