TEMPO

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Ontem, já era,

Amanhã, ainda será.

A mais doce quimera,

Quem viver, verá.


O tempo, esse sabido,

Passa assaz de repente.

E quase sem ruído,

Leva a vida da gente.


Para alguns faz bem a idade,

Para outros, nem tanto.

Mas, no fundo, a verdade

Sempre acalma o pranto.


Saúde boa e má memória

São receita de felicidade.

O resto é só história

Ou mera formalidade.

Voltar