SÓ UMA VEZ

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Vou viver quase morto,

Sentindo teu cheiro em mim.

Por essa vida, torto,

Vai ser sempre assim.


Só tenho um sonho,

No meu palco só há você.

O resto, nem sei onde ponho,

Sem saída nem mercê.


A força de teu olhar,

A magia de teu toque.

Poder me largar,

E a paixão que me reboque.


Que pena, minha querida,

Que foi só uma vez.

Meu coração, abatido,

Não esquece o quê você fez.


Mas, sabe, valeu.

Hoje estou bem.

E, se você me esqueceu,

Eu não, meu bem.

Voltar