SINAPSE

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Fim de noite, madrugada,

Sol beijando o horizonte.

A lua, namorada,

Servindo de ponte.


O gosto pela vida,

Renovado, redivivo.

A esperança renascida,

Assim, sem motivo.


A certeza ficta,

No depois, no alem.

Esperança convicta,

Com valor de vintém.


O uísque nas hemácias,

Banhando sinapse boa.

O perfume das falácias

De que nunca se enjoa.


Meus amores tantos,

Minha saudade vã.

Minhas dores, meus prantos

Nessa vida sem manhã.

Voltar