PELLEGRINA

Autores:


Intérpretes:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Mulher com jeito de menina,

Loira por mero acidente.

De sobrenome Pellegrina,

Nunca esqueceu de ser gente.


Não nasceu não,

Simplesmente surgiu,

Lá pelos lados de Bauru.

E quase ninguém viu.


Mas logo veio à capital,

Mudando-se de mala e cuia.


De Nerhing ao TRT foi um passo,

Que deixou certa saudade.

É que às vezes o amor, escasso,

Conflita com a realidade.


Duas paixões insensatas

E vividas até o fim

O amor não respeita datas,

E foi sempre assim.


As de hoje tem nome: Dudu e Fernando.

E a de sempre também: Ana Paula.


Apartamento em Miami,

Escritório quase na Paulista.

Nenhum vexame,

Nem como simples turista.


Eis a história inacabada

De uma moça bonita.

Um doce, uma fada,

Chamada Lenita.

Voltar