PALHAÇO

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Sonho de palhaço

É sorriso de criança.

Amor sem laço,

Sem cobrança.


Fala ao coração,

Tão cheio de cores.

Não sabe dizer não,

Como as flores.


Não se veste, enfeita-se,

Ainda que pouco lhe reste.

Mesmo triste, aceita-se.

Se não acredita, teste.

Nariz vermelho, rosto pintado.

Espelho de um só e único lado.

Sua vida é o picadeiro,

Onde nos faz crianças.

E, sozinho e por inteiro,

Nos enche de lembranças.

O palhaço não morre,

Nunca, em tempo algum.

De vida é sempre porre,

Sempre nos faz um.

Voltar