MOTOCICLISTA

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Sentir o vento no rosto,

Ver o filme da paisagem.

Desfrutar o inefável gosto

De deixar o medo na garagem.


Fazer curvas como as aves,

Voar sobre o asfalto.

A nave de todas as naves,

Quase quântico salto.


Subir e descer montanhas,

Planaltos, planicies e vales.

Ser herói de façanhas,

Alheio a todos os males.


Sentir a liberdade nas mãos

De ir para onde quiser.

Esquecer dos tantos nãos,

Abraçado por minha mulher.

Voltar