MÃOS

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Amo tuas mãos,

Tão carinhosas, macias.

Tão cheias de sins e nãos,

Caminho de duas vias.


Passaporte para o sossego,

Calma que vicia.

Tão profundo o aconchego,

Tão bela a harmonia.


Nuvem que me toca,

Promessas que me espreitam.

Meu porto, minha doca,

Mentiras que se ajeitam.


Sonhos que vem e vão,

Mistérios que desconheço.

Tão difícil ficar são,

O fim no começo.


Amo tuas mãos,

Meu Deus, como amo,

Que, em meus sonhos vãos,

Tanto te imploro, te chamo.

Voltar