ESVAINDO-SE

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Cansei-me de lutar.

Pequenas grandes derrotas.

Nunca aprendi a apanhar,

Sou do time dos idiotas.


O poder de criar um universo,

Na paleta, nas cerdas do pincel.

O poeta não foge do verso,

Nem o escultor do cinzel.


Mas sempre se pode fugir da vida,

Que é prazer não obrigação.


Ninguém foge de si mesmo,

Somos o cativeiro perfeito.

A cada um compete um sesmo,

Que nem sempre traz proveito.


Recomeçar, reviver.

Retomar-se, renascer.

Voltar