DEVAGARINHO

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Paulo D'Elia

Sabe, vou te contar um fato,

Como foi que aconteceu.

Não foi assim, no ato,

Que o meu amor nasceu.


Você era só uma mulher bonita,

Que eu queria levar pra cama.

Mas uma sensação esquisita

Me pegou naquele sofá cama.


Você parecia tão indefesa

E eu tão senhor de mim.

Uma doce e valiosa presa

De lábios tintos de carmim.


Fui ficando, fui ficando

E você ficou também.

Não sei ao certo quando,

Mas não podia ficar sem.


Um ano, dois, três

E acordei na tua cama.

Sem defesa, sem arnês,

Sem mim, sem pijama.


Você não mudou nada,

Mas eu mudei muito, sim.

Minha mulher amada,

Meu começo, meu fim.

Voltar