CHUPETA

Autores:


Intérprete:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D'Elia

Fábio Augusto

Já não sou mais menino,

Mas adoro uma chupeta.

É sina, é gosto, é destino,

Sou fregues de caderneta.


Uma chupeta no fim da tarde,

Faz bem ao meu coração.

Nem tudo que queima, arde,

Nem sempre se fica na mão.


Gosto da chupeta da Claudete.

É macia, quente e gostosa.

Gruda que nem chiclete

E é quase cor de rosa.


Tô cativo, tô viciado,

Quero chupeta toda hora.

Fico louco, desvairado

Toda vez que ela demora.

Voltar