DOMÉSTICAS

Autor:

Intérpretes:

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Júlio dos Santos Oliveira Jr.

Paulo D’Elia

- Ôi, cumpadi, como tá essa força?


- Ôi, cumpadi, tô pricisano memo de troca um dedinho de prosa cum vosmicê..


- Pois então diga.


- É qui a Marianhinha vai casá e eu e a cumadi fariamu muito gosto na presença do cumpadi e da cumadi.


- Ô, mas que nuvidade boa. Sabe cumpadi, vou pegá a sua cumadre, D. Mariana, e vamos fazê uma visita pra D. Arlinda e Marianinha.


- Hiii, cumpadi, acho num vai sê possiver...


- E pru mor de quê?


- É que meu futuro genro, moço lá da cidade, de família cum abastança, vei falano num tar de páquito ante-nupciar. A gente num sabia o que é, entonce fumo preguntá pro divogado, Dr. Mouriço.

- Entonce?


- Ele espricô, mas nóis num entendêmo bem. Aí ele falô pra gente fazê o siguinte: pidí pru moço arregistrar, antes do casório, a Marianinha cumo impregada doméstica...


- Uai cumpadi, i ele disse pru mor di quê isso?


- Ele falô qui cuma tar de lei das doméstica, se o moço quisesse largá a Marianinha, ia tê qui paga murta dum tar de fêgts, féria, 13º, nss, horas extra i inda podia sê processado por assédo sexuar...


- Uai, cumpadi, i pru mor di quê não vai sê possiver visitá Marianinha e a cumadí?


- É qui elas tão correno há uma semana, atrás duma tar de cartera di trabaio...

Voltar